Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

caixa dos segredos

Bocados de mim embrulhados em palavras encharcadas de emoções. Um demónio à solta, num turbilhão de sensações. Uma menina traída pelas boas intenções.

29
Set18

Estou quase a fazer 40 anos


vanita

Não sei se viverei outros 40. Quando comecei este blog tinha 28 e a alegria recém-conquistada de ter a vida pela frente. Comecei-o uns meses depois de um diagnóstico menos bom e era a gratidão por cada dia que geria as minhas escolhas e opções de vida. Ainda é assim. Mas agora tenho quase 40 anos. Não gosto de me expor mas não sei ser superficial. Vivo de emoções intensas e genuínas, sou feita de convicções e acredito cada vez mais no silêncio como fonte de paz e bem-estar. É comigo mesma que resolvo as minhas revoluções e guerras pessoais. Tenho cada vez mais dificuldade em perceber como é que esta forma de encarar a vida se cruza com um blog intimista como o que este tem sido. Gosto de escrever, sobretudo sinto prazer no jogo com as palavras e o que daí pode sair e essa é uma das características que mais me realiza. Abrir um documento, deixar escorrer o que tenho cá dentro, ser surpreendida com o resultado final e, por muitos anos que passem, continuar a rever-me na composição que disso resultou. Como se fosse guiada por forças invisíveis, sentidos por definir, linhas mestras de outra dimensão. Este blog tem mais de onze anos e há nele tanto de mim como de outras Vânias onde já não me reconheço. Ter 28 anos não é, nem deve ser, o mesmo que ter quase 40. Não sei para onde a vida me leva, que outros caminhos tenho de trilhar ou que desafios vou enfrentar. Sei que todos os dias continuo a aprender e que continuo sempre a sonhar. Não é infantil, nem juvenil ou pouco ambicioso. É o que nos move. A mim também.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D