Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

caixa dos segredos

Bocados de mim embrulhados em palavras encharcadas de emoções. Um demónio à solta, num turbilhão de sensações. Uma menina traída pelas boas intenções.

13
Mar09

Enxaqueca


vanita

Essa grande ordinária, veio fazer-me uma visita. Hoje foi mais fina. Começou com os flashes de luz branca que incomodam a visão e mal nos deixam ver as letras que teclamos no computador. São demasiados, demasiado presentes, demasiado luminosos para os conseguirmos ignorar. Depois veio a dor, mais em formato de moínha, a sacana. Não se pode dizer bem ao certo onde é que dói, mas dói, é desconfortável e não nos deixa trabalhar em condições. Hoje demorei umas quatro horas a fazer o que estaria pronto numa hora e meia. A juntar a isto, já com uma dose de ibuprofeno no corpo, vem a indisposição e as naúseas. Não chegam a vias-de-facto, mas às vezes quase que o preferíamos. Isto sem que a moínha nos dê tréguas. No final junta-se a fraqueza galopante, com suores quentes. Afinal, quem é que consegue comer quando está indisposto? Estas sacanas acompanham-me desde os oito anos, altura em que só com um pano molhado na testa, alguma pressão nas têmporas e muita paciência da minha mãe a coisa chegava a bom porto, umas doze horas depois. Esta ainda cá anda, mais discreta, mas anda. E não sei se é a indisposição ou a sensação de cabeça oca cambaleante que mais me custa. Sei apenas que aos oito anos era pior. E eu era uma valente, sem saber!
13
Mar09

Desilusão


vanita

Há pessoas que, sem sabermos bem porquê, temos em tão grande conta que, quando nos desiludem, nos apanham completamente de surpresa. Porque nunca achámos possível magoarem-nos desta maneira. Hoje percebi que sim, é possível. E é injusto.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D