Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


14.04.15

Siddhartha, de Hermann Hesse

por vanita

siddhartha.jpg

Escrito pelo Nobel alemão Hermann Hesse, Siddhartha é um pequeno livro apresentado como um poema indiano. Talvez conto fosse uma melhor classificação. Este livro fazia parte da minha lista de livros-que-tenho-mesmo-de-ler há muitos anos e, agora que já o li, acredito que o devia ter feito quando era mais nova. Trata-se de uma história aparentemente simples, contada em pequenas frases, cheias de significado. Através da personagem que dá nome ao livro, Siddhartha leva-nos a percorrer várias fases do crescimento humano, tendo por base muito do que o autor apreendeu numa pequena viagem à Índia. O que há para não gostar? Nada e tudo. O crescimento humano é único e exclusivo. Cada homem tem de trilhar o seu próprio caminho e cometer erros há muito identificados pelos que o precedem para empreender uma evolução espiritual e de personalidade. Esta lição está bem patente neste livro. No entanto, os ensinamentos soam de forma impositiva, o que me desagradou, embora admita que seja defeito de leitura meu. Talvez esteja numa fase arrogante do meu desenvolvimento como ser humano, ou então, talvez esta não fosse a altura ideal para me render à história de Hermann Hesse. Talvez noutra fase da minha vida. Até Siddhartha teve os seus momentos de recusa e abandono.

publicado às 23:52

14.04.15

Guerra dos Tronos

por vanita

Tenho duas sugestões para os produtores da série:

  • Esqueçam lá a bolinha preta a censurar os nus masculinos. Se vale para os femininos, também vale para os masculinos. 
  • Uma pequena indicação sempre que se muda de local - Kingsland, Mereen, Bravos, Muralha - podia ajudar, sobretudo a quem não leu os livros.

Alguém se lembra da segunda sugestão?

publicado às 13:04

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.