Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


08.01.15

Gustavo Santos e a liberdade de expressão

por vanita

Vivemos dias assustadores e as opiniões são inflamadas pelo medo. A liberdade de expressão salta de todas as bocas como um rio que tem pressa de desaguar num mar de liberdade. E assiste-se à crucificação pública de quem se atreve a ter opinião diversa. Um paradoxo que apenas encontra explicação no estado emotivo que o ataque terrorista ao jornal Charles Hebdo nos deixa a todos. Faz parte dos lugares-comuns do dia-a-dia. A liberdade de cada um começa onde termina a do outro. E sim, podemos não concordar com tudo o que se diz, como no caso de Gustavo Santos, mas defenderemos até ao fim a possibilidade de cada um se poder expressar por si mesmo. Não é o que tenho visto nas últimas doze horas, depois de um post infeliz que este apresentador publicou no Facebook. Afinal, onde está a tolerância, aquela que, sendo ausente, originou tudo isto?  

publicado às 10:25

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.