Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


07.01.15

Charlie Hebdo

por vanita

Os tiros a sangue frio disparam a intolerância que ferve nos canos de armas que mais não são que extensões de mentes fechadas. O arrepio levanta os poros dos braços e aperta o coração. As balas cumprem-se, sem que o suspenso daqueles segundos as consigam travar. E fala-se de liberdade de expressão. Hoje só as armas tiveram voz. Que se calem, para sempre. 

publicado às 15:40

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.