Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

caixa dos segredos

30
Jun14

Da crise na saúde


vanita

Há médicos que deviam ser denunciados. Aproveitadores da dor alheia que, donos de uma razão que desarma utentes, se valem das suas especializações utra-específicas para fazer duas coisas: 

 

  • viver à margem do Sistema Nacional de Saúde
  • abster-se de comparticipações com qualquer seguradora que seja

 

Estabelecidos neste resort de luxo onde tudo o que entra é lucro, estes médicos super especialistas no mal que afecta os desesperados pacientes, usam-se dos seus conhecimentos para continuar a garantir o rendimento mínimo para as vidas imperiais que levam. Convencem os doentes da gravidade da sua situação - tão mas tão grave que só tem resolução nas suas mãos mágicas e altamente especializadas para aquele caso específico - e impingem - meus senhores é esta a palavra! - impingem cirurgias caríssimas, apenas disponíveis em hospitais privados e... isso mesmo, longe das comparticipações de seguradoras. Mais ainda do Serviço Nacional de Saúde. E este dinheiro - generosos milhares de euros, nunca menos - vai para o porquinho lá de casa.

 

Todos ficam felizes. Problema resolvido, cofre cheio. Até ao fatídico momento em que as coisas voltam a correr mal. Infames, estes médicos - os tais que deviam ser denunciados - preparam terreno para a terrível novidade: vai ser necessário voltar à faca! Sem qualquer ética ou moral, estes médicos pouco se importam com a gravidade de se levar um paciente inúmeras vezes à sala de operações. O importante é garantir que o negócio continua a fluir.

 

O meu conselho? Peçam sempre uma segunda opinião e, se for o caso, uma terceira. Não se deixem levar pela conversa dramática e catastrófica que apenas terá solução numa maca de hospital. Podem existir caminhos alternativos e um médico que se apressa a sugerir a faca à partida já mostrou de que material é feito. Fujam deles. E levem os euros que vos sobrarem.

 

28
Jun14

Tão ridículo que faz pena


vanita

Sempre que recebo mensagens do Continente com BOMBÁSTICO à cabeça sinto uma incontrolável vontade de rir e alguma pena. A tentativa desesperada de me fazerem acreditar que preciso mesmo de ler o resto da mensagem faz-me sentir vergonha alheia, é anacrónica e não joga com o baralho todo. A sério? Bombástico era um programa medonho que passou há uns anos na TVI. Eu sei que os criativos do grupo Sonae conseguem melhor que isso. Têm de conseguir.
24
Jun14

Quando é que aprendem?


vanita

Ontem, bem cedo, vi uma notícia sobre o penteado de Cristiano Ronaldo ser uma homenagem ao menino que ele ajudou. A notícia estava num desses inúmeros sites de piadas, embora estivesse escrita como uma verdadeira notícia. Estranhei e fui pesquisar a origem daquilo ou declarações oficiais que justificassem a coisa. Levei dois segundos no Google. Zero. Dez minutos depois, a "notícia" estava em tudo o que são órgãos de comunicação social online e foi uma certeza durante todo o dia. Declarações? Zero. Esta madrugada provou-se que é tanga. Começo a ter vergonha.
23
Jun14

Que vergonha, meu deus!


vanita

Não temos equipa e a culpa bem pode ser do seleccionador, da equipa médica ou dos jogadores. A verdade é que temos feito tão má figura no Mundial que mais valia uma saída limpa e não se fala mais nisso. Estamos a agonizar, ligados às màquinas, de calculadora na mão. Para quê? Sem equipa, só estamos a adiar o inevitável. Nunca devíamos ter ido ao Mundial.
16
Jun14

Ai Portugal, Portugal


vanita

Ponto 1: Todos nós sabíamos que chegámos ao Mundial à rasca;

Ponto 2: O Brasil é uma grande terra para passear e curtir. Não os censuro se o fizerem.

Ponto 3: Pazes feitas com o CR7 para todo o sempre. O miúdo assumiu a atitude certa e, apesar do ponto 1, tem feito o que pode para manter a moral da equipa e dos portugueses em alta.

Ponto 4: Este desaire não precisava de ter sido frente à Alemanha. Já basta o que basta.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D