Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


26.02.14

26 Fev 2007 01:39

por vanita

 

Sete anos. S-E-T-E. Naquela noite, sentada na secretária daquele que foi o meu quarto durante oito anos, não podia imaginar que esta aventura se iria estender por tanto tempo. E estou feliz pela decisão que tomei. Muita coisa mudou na minha vida desde então. Aliás, muita coisa mudou desde o dia 16 de Maio de 2006 e é a partir desta data que traço as grandes conquistas que tenho vindo a fazer. O blog é uma delas, senão a mais importante. Saber que uma simples operação ao apêndice me salvou a vida porque tinha um cancro - vamos chamar as coisas pelos nomes - pode fazer muita confusão. Sobretudo quando se tem 27 anos. Foi nesse turbilhão de emoções que decidi aderir à blogoesfera, primeiro em blogs partilhados e finalmente neste espaço só meu. Aqui fui tudo: fui mimada, fui carente, fui revoltada, fui ansiosa, triste, feliz, contente. Desabafei, chorei, falei para o vazio, desdisse milhões de vezes a minha sorte. Mas aqui, fui eu. Apenas eu. Não poucas vezes, esqueço-me de que há alguém desse lado. Não no sentido de não querer saber de quem me lê, mas porque não uso filtros no que escrevo. Aqui dou-vos o que sou, bom ou mau. 

 

É bom olhar para trás e perceber que mudei de quarto, que mudei de emprego - duas vezes -, que passei pelo desemprego - três vezes -, voltei à faca mais duas vezes e que dei a volta por cima. Sempre. O desemprego nunca durou mais do que duas semanas, um deles foi de apenas 24 horas - cortesia das burocracias que as empresas inventam para nos retirar qualquer direito. Tive três namorados, fui traída, fui abandonada. Amei e fui amada. Mudei de casa, comprei um carro novinho em folha, que paguei a pronto - não volto a repetir a façanha e é pena. Troquei de profissão. Dei baixa da carteira profissional da minha vida - e o que isso dói. Ainda assim, não me sinto menos realizada. Todos os dias aprendo coisas novas, conheço pessoas e formas de estar diferentes e isso é a essência do que me ligava - ainda liga - ao jornalismo. Aderi ao Goodreads que, a par do blog, é uma das mudanças que ficará por muito tempo. Deixei o Blogspot e agora sou mimada pelo Sapo que, por vezes, até me dá destaque e me fez voltar a acreditar que vale a pena ter um blog.

 

É isto que sou. É isto que tenho para dar. E gosto de vos ter aí, há tanto tempo. Tanto que parece que foi ontem. 

publicado às 01:39

26.02.14

Do nojo

por vanita
Hoje deito-me triste. Nada me deprime mais que a falta de solidariedade entre profissionais da mesma classe. Podia dizer tanto, mas vou dormir que o meu mal é capaz de ser sono.
publicado às 00:49

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.