Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


26.10.12

Será um sinal?

por vanita
Sempre quis ter um Santo António cor-de-rosa, daqueles todos fashion que se vendem por essas lojas de Lisboa. Esta semana, por mão do destino, veio calhar-me às mãos um que ninguém queria. Enorme e lindo, como sempre sonhei. Ficou logo em lugar de tanto destaque quanto o tamanho do orgulho que senti por ser meu. Aguentou-se cinco minutos até cair ao chão e se desfazer em bocados.
publicado às 19:49

26.10.12

Beijo

por vanita
Um beijo em lábios é que se demora 
e tremem no abrir-se a dentes línguas 
tão penetrantes quanto línguas podem. 
Mais beijo é mais. É boca aberta hiante 
para de encher-se ao que se mova nela. 
É dentes se apertando delicados. 
É língua que na boca se agitando 
irá de um corpo inteiro descobrir o gosto 
e sobretudo o que se oculta em sombras 
e nos recantos em cabelos vive. 
É beijo tudo o que de lábios seja 
quanto de lábios se deseja.


Jorge de Sena
publicado às 12:10

17.10.12

A infantilidade

por vanita
Não sei o que é pior. Se a criancice egocêntrica que não vê para lá do umbigo, se a névoa enfeitiçada que tolda os cenários com se depara. Felizmente há magia e, o que parecia não ter solução, torna-se cristalino como água pura. E tudo volta a fazer sentido.
publicado às 20:28

16.10.12

Lição de marketing

por vanita
Para se vender produtos ou ideias, temos de saber orientá-los de acordo com o público que temos. A idade, o sexo, a situação económica e as preferências pessoais, entre outros valores importantes para o sucesso de qualquer campanha. Lembrei-me.
publicado às 22:39

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.