Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


28.05.12

Cosmopolis

por vanita
E depois há a inteligência. A escolha deliberada de um percurso que marca a mudança. Se Kristen Stewart não sabe, ou não consegue, desligar-se da imagem de "Twilight",em "Branca de Neve e o Caçador", o mesmo não se pode dizer de Robert Pattinson, que prova a sua versatilidade em "Cosmopolis", de David Cronenberg. Se no final do thriler ainda conseguir se lembrar do vampiro ao olhar para a personagem interpretada pelo jovem sedutor, então passou-lhe tudo ao lado. E isso não abona a seu favor. Aqui há, de facto, uma viragem que marca a diferença. Trata-se de um filme complexo, difícil mas, por isso mesmo, muito interessante, a que não escapa a entrega do protagonista. A rever.
publicado às 17:42

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.