Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


17.09.11

Complexo Mourinho

por vanita
"O teu problema é que tu não te vendes". Disseram-me isto num momento fulcral da minha vida e, em diversas situações, constato que se trata da mais pura realidade. Não fui ensinada, ou não faz parte da minha personalidade, a por-me em evidencia, a destacar-me para que reparem nas minhas capacidades ou qualidades. Não é a minha postura perante a vida porque, e ainda é assim, acredito que, se realmente temos algo que valha a pena realçar, não será preciso apontar um holofote para que se veja. Mas, nestes momentos em que páro para pensar nisso, que são poucos admito, apercebo-me que são os Mourinhos desta vida que os outros vêem como "The Special One", um título que ele se atreveu a atribuir a si mesmo. E penso na quantidade de bons treinadores que ficam na obscuridade porque lhes falta isso: a capacidade de se venderem.
publicado às 14:47

17.09.11

Como desesperar um moço muito simpático da TMN

por vanita
É chegar à loja e perguntar pelo tarifário especial, que é difícil ele conhecer bem porque não há assim tanta gente a usar e é muito específico. Fazer muitas perguntas de difíceis respostas, decidir aderir a uma das propostas, depois de muito analisar. Optar por comprar um Blackberry e ficar indecisa entre o branco e o preto. Pedir para ficar a olhar para os dois enquanto o processo todo decorre. Decidir comprar o preto. Assinar os papéis. Tratar da troca do cartão para uma nova via, já que a anterior dava demasiados erros. Ficar feliz com a oferta voluntária desse serviço que custa 7 euros e 50 cêntimos. Ouvir o empregado do lado sempre a dizer que um iPhone preto é que é uma boa compra mas, pronto, o Blackberry poderá ser melhor para o uso que lhe quero dar. Sair da loja feliz com a nova compra. Regressar vinte minutos depois, arrependida e decidida a comprar o iPhone. Lidar com a tentativa do empregado de me dizer que isso agora já não é possível. As várias tentativas. Explicar-lhe que, agora, não quero o preto que ele me quer à força vender. Obrigá-lo a procurar por um iPhone branco noutras lojas, enquanto descem as portas de segurança daquela porque a hora de expediente já terminou. Sair da loja com um Blackberry que já não vou usar, enquanto aguardo por um telefonema que ditará a minha sorte. Branco ou preto.
publicado às 01:02

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.