Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


29.08.10

Sem idade para dúvidas

por vanita
Amigos são mesmo aqueles que fazem questão de estar ao nosso lado, de marcar presença, de fazer do longe perto. Não há desculpa para a distância, não há nada que nos impeça de ter dois minutos para mandar um email ou uma mensagem de telemóvel, nem que seja para explicar que se está sem tempo. Quem se preocupa encontra sempre forma de chegar ao outro. E isso faz toda a diferença.
publicado às 18:43

29.08.10

Leituras

por vanita
Com o terceiro livro da saga Millennium a dar-me luta [de cada vez que pego nele, adormeço] já ando de olho nos sucessores e apetecia-me espreitar um dos best-sellers deste Verão [o que fazer? sou pela teoria que tantos milhões não podem estar enganados]. Destes dois, qual me aconselham?


Estou mais inclinada para o segundo...
publicado às 17:20

28.08.10

O meu Verão

por vanita

Começou com uma interrupção abrupta na primeira semana de férias. Não tinha posto os pés na praia quando fiquei sem emprego. Nunca cheguei a pisar a areia. Desde então, entre as arrumações, o adeus a oito anos de rotina e a busca de novo rumo, o Verão passou por mim sem direito a pausa. Na primeira semana enchi o fundo de um caixote onde nunca mais mexi, na segunda semana multipliquei-me em entrevistas de trabalho e, esse, nunca me faltou. Um mês depois tinha um sítio seguro à minha espera. Cumpri prazos, assinei documentos, conheci outras realidades e novas pessoas. Dois meses depois, sou de outra vida, tenho outra realidade.

O meu Verão? Mudou a minha vida.
publicado às 22:57

28.08.10

Contas à vida

por vanita
Ora bem, para ser uma miúda muito feliz nos próximos tempos, bastava-me isto:

Setembro: 45€

7 Fanfarlo, Lux - 20€

19 - Eels,Coliseu dos Recreios - 25€

Outubro: 65€

6 - Guns N' Roses, Pavilhão Atlântico - 35€

7 - Placebo, Coliseu dos Recreios - 30€

Novembro: 139€

7 - Broken Social Scene, Aula Magna - 23€

10 - Vampire Weekend, Campo Pequeno - 30€

11 - The Drums, Lux - 22€

12 - Interpol, Campo Pequeno - 30€

18 - Arcade Fire, Pavilhão Atlântico - 34€

Dezembro: 25€

3 - James, Campo Pequeno - 25€

Havia mais, mas achei que devia ser meiguinha na selecção.
publicado às 17:11

28.08.10

Afinal, também cresci

por vanita
Estive a ver o quinto filme do Harry Potter e vim pesquisar o que publiquei no blog, na altura da estreia. Além da sensação de passado, ao perceber que tenho posts de quando li o último livro em 2007, noto que evolui na forma como escrevo. Hoje, jamais publicaria aqueles textos. Não pelo conteúdo, mas pela forma.  
publicado às 01:18

25.08.10

Assim vai o mundo

por vanita

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.
Sophia de Mello Breyner Andresen
publicado às 00:52

16.08.10

[A]tracção pelo abismo

por vanita
Em segundos, deixo de ter controlo sob o meu corpo. O meu cérebro, parte dele, sabe que a realidade não é a que acabo de percepcionar. Que aqueles objectos e aquela distância não estão ao alcance da minha mão, é ilusão. Parte da minha cabeça sabe-o, mas todo o meu corpo reage ao estímulo e, em segundos, vivo uma luta interior entre a vontade de tocar o desconhecido com as mãos e a força hércula que me garante que é uma armadilha. Os movimentos ondulados garantem-me que os carros ou as pessoas estão a dois centímetros de distância, mas eu sei que não é verdade. O ar fica automaticamente preso a meio da garganta e o coração bate ainda mais desacelerado, angustiado. O sangue sobe ao rosto e as pernas começam a tremer, não reagem aos comandos como habitualmente porque, pelo meio, há um alerta que é preciso respeitar. A mensagem é tão instântanea que atrapalha os movimentos, prende-os. O ar não desce, as pernas tremem e só quando desvio o olhar é que consigo clarificar, pouco, o raciocínio. Por momentos, até começar tudo de novo. Sempre outra vez.
 Vertigens.
publicado às 22:52

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.