Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


17.10.08

Música para os meus ouvidos

por vanita
A nossa vida devia incluir uma banda sonora, como nos filmes. Também bebo dessa teoria e, por isso, me é tão complicado escolher apenas as sete músicas mais marcantes dos meus 30 anos, como pede a Lua. Sob pena de deixar para trás temas muito importantes, aqui ficam sete que me tocam de forma particular:

Smashing Pumpkins: Disarm - O primeiro amor nunca, mas mesmo nunca, se esquece.

Kings Of Convenience: I'D Rather Dance With You - Fico automaticamente com um sorriso na cara e vontade de pular na cama!

The Magic Numbers: Love's a Game - É absurda a quantidade de vezes que oiço esta música no repeat. Absurda mesmo.

The White Stripes: You Don't Know What Love Is - Adoro, simplesmente.

Editors: Smokers Outside The Hospital - Esta não é pela música mas pelas memórias que me traz. Pela força que me deu.

Arcade Fire: Intervention - A banda da minha vida!

The National : Fake Empire - Tudo o que disser sobre este tema é demais. É para ouvir e deixar-me levar.

Ficam tantas, mas mesmo tantas músicas de fora que até dá pena. Ainda assim, acho que já me podem traçar o perfil que vos apetecer, tendo em conta os temas que escolhi :)
publicado às 22:49

17.10.08

Se fosse dar uma volta!

por vanita
Meses de exames, testes e muitos, muitos, euros depois o bom do alergologista - esse senhor tão doutorado que quase desaparece no meio de tanto diploma, enciclopédia, prémios, caricas e fotos com os presidentes deste país - vira-se para mim e, com o ar mais gozão do Mundo diz: "Pois, isto não deu nada! Se calhar é uma pulga!".

Ele que meta a pulga num sítio que cá sei!!!! Só quando percebeu o meu ar é que o senhor doutor tomou consciência que lhe paguei uma pequena fortuna. Lá tentou desanuviar a coisa, mas o que é facto é que, com tanto diploma o senhor doutor não sabe o que eu tenho. E ainda disse: "Quando voltares a ficar cheia de borbulhas volta cá!". Vá esperando!
publicado às 22:15

17.10.08

Regatear

por vanita
No último dia, à saída do hotel, que ficava pertíssimo da Stazione Centrale - o ponto de ligação para o aeroporto de Malpensa -, estava montada uma feira de antiguidades. O dia solarengo convidava e não consegui resistir a espreitar as tendinhas. Comprei este livro, o meu primeiro livro em italiano, para praticar em casa. Não sem antes regatear o preço, em italiano! E não é que me dei bem? Consegui um desconto de 2 euros, o equivalente a 40 por cento, já que o preço inicial era de 5 euros. Eu não disse que sai de lá a dominar a língua piú bella del mondo? :)
publicado às 14:21

17.10.08

Milano

por vanita

Este não é o melhor formato para vos mostrar um cheirinho da viagem a Milão, mas é o que se arranja por aqui. Sobre a viagem, posso dizer que foi ainda melhor do que podia ter imaginado. Sim, os italianos são giros, dados, simpáticos e ainda mais que possam imaginar. A língua torna-se quase natural em poucas palavras ditas a medo logo ao início. Rapidamente se aprende a lógica do metro de Milão e anda-se muito bem pela cidade. As lojas são a perdição de quem vai a esta cidade mas as pessoas e a vivência de Milão também nos envolvem de uma forma única. Por mim, tinha ficado por lá!

Se o som vos incomodar - a mim às vezes incomoda - basta clicarem na coluna lá em cima!

publicado às 01:30

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.