Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]


03.07.07

Maravilha!

por vanita

Numa semana em que o Mundo se prepara para escolher as novas 7 Maravilhas, deixo-vos aqui o esplendoroso Taj Mahal. Lembro-me da sensação na primeira vez que o vi e, para mim, independemente do resultado da eleição, fará sempre parte de um conjunto de obras humanas que considero de elevado nível de beleza. O quadro fica completo quando à imponência deste monumento juntamos a sua própria história.
Reza a 'lenda' que o Taj Mahal é, nada mais, nada menos, que a maior prova de amor de toda a humanidade. O princípe chama-se Kurram e, aos 15 anos, apaixona-se por uma bela princesa, Jahan, com quem se cruza acidentalmente. Um amor à primeira vista e, embora não se tenham voltado a ver durante cinco anos, casaram-se em 1612. Anos mais tarde, o princípe foi eleito imperador mas veria a sua amada morrer durante o parto do seu 14.º filho - leram bem, 14.º filho. Tinha 39 anos.
Inconsolável, Kurram ordenou que fosse construído um monumento sem igual, para que o Mundo jamais a pudesse esquecer. E é dos melhores materiais e maiores riquezas que nasce o Taj Mahal, um lugar coroado pelo amor deste imperador pela sua mulher. Um imperador que chegou ao fim dos seus dias encarcerado no seu palácio, a partir do qual, contemplou a sua obra até ao último minuto. O seu tumulo foi colocado ao lado do da sua amada, sendo este o único pormenor não simétrico do Taj Mahal.
Quando o amor é verdadeiro, a morte não existe!
publicado às 14:05

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.